Concurso PRF: saiba como intensificar sua preparação para prova

O Concursos com Trânsito tem um combo especial para você

As provas do concurso para Polícia Rodoviária Federal estão marcadas para o dia 3 de fevereiro de 2019. Até lá, os interessados em uma das 500 vagas oferecidas pela corporação devem intensificar os estudos das disciplinas.

Este ano, as 120 questões das avaliações objetivas – primeira fase do concurso PRF – serão divididas em três blocos de conhecimento.

São eles:

  • Bloco I – 50 questões: Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Matemático, Informática, Noções de Física, Ética no Serviço Público, Geopolítica Brasileira, História da PRF;

  • Bloco II – 40 questões: Legislação de Trânsito;

  • Bloco III – 30 questões: Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Legislação Especial, Direitos Humanos e Cidadania, Noções de Direito Penal e Direito Processual Penal.

Uma das novidades do novo concurso para policial rodoviário federal é o retorno das muitas questões de Legislação de Trânsito. Somente essa disciplina corresponde a um terço da prova objetiva.

Existem outras áreas, por sua vez, que não foram cobradas no último concurso para PRF, realizado em 2013. É o caso de geopolítica brasileira, que pegou de surpresa muitos concorrentes que estavam se preparando com foco na seleção anterior. É preciso recuperar o tempo perdido.

Esses são exemplos de disciplinas que devem ser cruciais para conquistar a aprovação. Por isso, não perca tempo e comece a assistir vídeo aulas, ler apostilas, fazer resumos e também mapas mentais.

Um outro trunfo durante a preparação das provas é a resolução de questões do Cebraspe (antigo Cespe/UnB), organizadora, e também de seleções anteriores para ingresso na PRF. Como essa banca tem uma cobrança diferente de outras instituições, é importante prestar atenção aos detalhes e entender como funciona a abordagem nos itens.

O Cebraspe, por exemplo, não apresenta uma questão com cinco alternativas de respostas. O candidato tem que julgar sentenças como ‘certas’ ou ‘erradas’. Com um detalhe: um erro significa a perda dos pontos de um acerto.

Aprender as artimanhas para realizar uma prova modelo Cespe pode ser um bom caminho para conquistar uma vaga. Professores de experiências, como os do Concursos com Trânsitos, são especialistas em te mostrar esses ‘bizus’ e o que mais costuma cair nos exames.

‘Concursos com Trânsitos’ tem combo especial de preparação para PRF

Para te ajudar a cobrir todo conteúdo programático e chegar bem preparado para as provas da PRF, o Concursos com Trânsito, curso focado em Legislação de Trânsito, desenvolveu um combo especial.

 É o acesso total aos materiais de estudo disponíveis do site.

Isso mesmo, você poder ter acesso a TODOS os cursos do site e estudar até a próxima prova da PRF. Os conteúdos são focados nos:

  • Concursos Detrans;

  • Carreiras Policiais;

  • Guardas Municipais.

O combo dá direito a todos os cursos (Ao vivo, Simulados, Teoria, Exercícios, Mapas Mentais) e atualizações do site. O pacote fica disponível  até a data da próxima prova da PRF 2019/2020.

Concurso PRF: inscrições estão abertas até o dia 18 de dezembro

As inscrições do concurso para policial rodoviário federal já estão abertas. Os cadastros poderão ser realizados somente até o dia 18 de dezembro, pelo site do Cebraspe.

Em primeiro lugar, será necessário clicar no ícone de “Ficha de inscrição online” e preencher a ficha cadastral com todos os dados solicitados. Depois, imprimir o boleto - Guia de Recolhimento da União (GRU) - e parar taxa de R$150.

O pagamento poderá ser feito em qualquer banco, casas lotéricas ou Correios até o dia 15 de janeiro de 2019. Somente integrantes de famílias de baixa renda, que estejam inscritos no programa CadÚnico, e doadores de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde poderão solicitar a isenção da taxa.

Eles têm a opção de indicar o pedido de isenção durante todo período de inscrição. Ainda será necessário encaminhar a documentação comprobatória das condições para banca organizadora.

Vagas do concurso PRF estão distribuídas por estados

No procedimento de inscrição, também será preciso indicar para qual estado deseja concorrer as vagas. Essa é outra novidade do concurso PRF, cujo edital foi publicado no dia 28 de novembro: a seleção veio regionalizada!

As 500 vagas do concurso PRF estão distribuídas por 17 estados brasileiros. O grande destaque é o Pará, com 81 chances, das quais 60 são de ampla concorrência, 16 de negros cinco de pessoas com deficiência.

Horas depois que o edital foi publicado, a Polícia Rodoviária Federam anunciou que a tabela de vagas que constava no documento tinha alguns erros. Então, foi divulgada no site do Cebraspe a primeira retificação do concurso.

Agora, as oportunidades estão divididas da seguinte maneira:

  • Acre – 17 vagas;

  • Amazonas – 28 vagas;

  • Amapá – 23 vagas;

  • Bahia – 17 vagas;

  • Goiás – 27 vagas;

  • Maranhão – 18 vagas;

  • Minas Gerais – 9 vagas;

  • Mato Grosso do Sul – 35 vagas;

  • Mato Grosso – 57 vagas;

  • Pará – 81 vagas;

  • Piauí – 22 vagas;

  • Rio de Janeiro – 10 vagas;

  • Rondônia – 74 vagas;

  • Roraima – 15 vagas;

  • Rio Grande do Sul – 23 vagas;

  • São Paulo – 19 vagas;

  • Tocantins – 25 vagas.

O candidato deverá realizar todas as etapas de seleção na capital do estado ao qual se candidatar. Não esqueça que para se inscrever no concurso PRF 2018/2019 é preciso atender aos seguintes pré-requisitos: ter nível superior em qualquer área e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) a partir da categoria B.

A remuneração inicial da carreira é de R$9.931,57, já incluído o auxílio-alimentação de R$458. No próximo ano, tais valores terão aumento e passarão para R$10.357,88.    


Publicado em 12/12/2018 às 09:22:39
Compartilhe com os amigos: